12 de julho de 2010

Toy Story 3 3d dublado


Um filme legal para curtir nas férias de Julho é o Toy story 3. O filme é muito bem feito e a história muito legal. As crianças amam alguns de seus brinquedos e muitas vezes quando crescem o carinho permanece e decidir o melhor destino para eles nem sempre é fácil. Eu mesma guardei alguns dos meus para as minhas filhas, alguns elas brinca outros não chegaram a se interessar.
Esses dias, as meninas selecionaram alguns brinquedos para dar, pois já não tinham mais onde guardar. Sugeri que as bonecas que elas ainda gostavam de brincar poderiam ser doadas para o colégio onde poderiam continuar brincando. A Marina levou uma boneca e voltou para casa com a mesma. Mais tarde me contou que não quis deixar no colégio pois as amigas disseram que a boneca era feia e ela ficou com pena da boneca e achou melhor escolher alguma criança que cuide dos brinquedos para dar.

Desenhos para colorir


Aqui vai alguns desenhos que selecionei na internet para minhas filhas pintarem.

8 de julho de 2010

FÉRIAS DE JULHO 2010

Já estamos em Julho, para quem tem filhos em idade escolar é o momento para aproveitar para dar uma escapadinha.

Qual o melhor roteiro? Difícil decidir! O friosinho da serra gaúcha? O calor do norte e nordeste? Disney?

Alguns hotéis oferecem uma boa equipe de recreação, ajudando as crianças a se integrarem melhor com outras crianças.

Na serra, na praia, no campo, em casa ou em qualquer outro lugar o bom mesmo é aproveitar o tempo disponível para relaxar e estar mais próximo das pessoas que amamos.

8 de fevereiro de 2010

High School Musical o Desafio


Com as temperaturas tão elevadas como nos últimos dias em Porto Alegre, o melhor programa acaba sendo ir a lugares com ar condicionado como cinema por exemplo.

Domingo a gente foi ver o High School Musical Brasil. A Marina queria muito ver e dessa vez não chorou para entrar e depois disse que gostou muito do filme.

Na minha opinião o filme é muito fraco. Faltou carisma e emoção aos personagens. Nenhuma história do filme foi bem desenvolvida.
O romance dos protagonistas não convenceu muito, a Renata pareceu ter mais quimica com o Felipe do que com o Olavo.
O time de futebol não apareceu como destaque e nem destaca o Olavo como capitão ou o time como apreciado pela escola.
 Colocaram um grupo de teatro que apareceu em uma cena e o casal principal do filme, do  nada foi escolhido para substituir os atores que estavam ensaiando, se sairam bem no ensaio mas depois não apareceu essa história de teatro mais no filme.
A briga do casal principal foi muito fraca, boba e nada convincente.
As coreografias também não foram caprichadas.

Diz que este é a primeira aposta da disney no Brasil, sei lá, acho que deveriam ter criado algo novo sem se inspirar no original pois fica dificil assistir sem fazer comparações.

3 de fevereiro de 2010

O Fada do dente

Aproveitando o feriado e fugindo do calor, ontem foi a vez de assistir com a familia o filme O Fada do dente.

Nem preciso contar que a Marina entrou chorando né? Pois é, ia mostrar o trailer mas acabei esquecendo e mais uma vez tivemos que entrar no cinema com ela chorando.

Expliquei pra ela que o filme era legal, que ela ia gostar afinal, no filme mostrariam segredinhos das fadas como elas entram na nossa casa e pegam o dentinho. Ela já andava levantando hipoteses sobre a possibilidade de fadas não existirem e pra completar o Fada era feio segunda elas.

Mas o filme agradou muito, quando ela entendeu ela ficou encantada, curtiu muito as trapalhadas do Fada do dente tentando cumprir a missão de pegar os dentinhos das crianças. O filme leva as crianças a pensarem que tudo é possivel com um pouco de magia.

A Laura entrou tranquila, gostou do filme mas ficou cansada e acabou dormindo no final.

Quando as luzes acenderam, a Marina estava radiante! Ela me olhou e disse: Tudo vale a pena né mãe?

1 de fevereiro de 2010

Beagle, bem vindo ao lar

Eu quis muito um cachorrinho quando eu era criança mas não teve jeito de convencer meus pais e com o tempo acabei entendo que realmente não dava e decidi que nunca teria um cachorro.

Bom, sempre que eu digo nunca acabo fazendo tudo ao contrario e acabei decidindo comprar um cachorro para minhas filhas.

Escolhemos o Beagle por ter lido que é um bom cachorro para crianças, brincalhão, alegre e forte o suficiente para que as crianças não machuquem o cachorro.

Pegamos ela com uns 2 meses eu acho, as meninas escolheram o nome de Lili e ficaram muito felizes. Ela era assim, fofinha e só queria colo.

Nossa filhotinha foi crescendo muito rápido e logo começou a ficar super sapeca! Começou a pular por tudo, comer tudo que via pela frente, roer rodapé, pular na gente arranhando um pouco por causa das unhas e brincar de mordidinhas, assustando assim um pouco as crianças.

Eu decidi ter um cachorro porque minhas filhas gostavam mas tinham muito medo e pensei que assim ajudaria elas. Ajudar ajudei, afinal, a Lili é tão danada que elas foram perdendo bastante o medo dos outros cachorros que são bem mais calmos.

Logo nos vamos se mudar para uma casa, a Lili vai ter um canil, talvez um adestrador para ficar um pouquinho mais educada. Acredito que a convivencia vai melhorar.

30 de janeiro de 2010

Fantastic Ball

" A alegria é uma estado natural do homem, o resto é passageiro."
                                                               Flávio Lopes


Ontem, quando fomos ao Praia de Belas Shoping as gurias viram o Fantastic Ball e ficaram enlouquecidas para brincar.

O Fantastic Boll é uma piscina grande com bolas infláveis gigantes que as crianças entram, os monitores inflam e soltam na piscina. A brincadeira é com água mas a criançada não se molha. A idéia  é bem interessante e segura pois as crianças ficam sozinhas dentro da bola e por isso por mais que caiam, e caem muito, não se machucam. É também uma ótima atividade para gastar as energias dos pequenos nessas férias.

A Marina queria muito mas estava com medo e por isso a Laura foi primeiro  e logo depois a Marina conseguiu vencer seu medo e se jogar junto na piscina dentro da bola.

As gurias adoraram e os cinco minutos se passaram muito rapido e por isso voltamos hoje e compramos dois ingressos para cada uma brincar por 10 minutos. Valeu a pena, como elas mesma disseram pois dessa vez elas estavam com mais pratica e se divertiram muito mais, conseguindo inclusive ficar de pé e dar alguns passos o que é um grande desafio.